Quer saber mais sobre o futuro?

Receba informações sobre a agenda e conteúdos sobre Estudos do Futuro e Novas Economias

CONHEÇA LALA DEHEINZELIN

Change maker dedicada a facilitar a Transição do modelo sócio-econômico atual, Lala Deheinzelin é considerada uma das 100 mulheres no mundo que estão co-criando a nova sociedade e economia. Futurista desde 1995 (uma das 3 top da América Latina e Central), é também pioneira em Economia Criativa e Colaborativa e criadora da Fluxonomia 4D, ferramenta de gestão estratégica que combina Estudos de Futuro e Novas Economias. Autora do livro Desejável Mundo Novo, coordena o Movimento Crie Futuros.

SOBRE

medium • ARTIGO MAIS RECENTE

DEPOIMENTOS

Em La Usina Cultura e Akapacha, partimos da compreensão de que, muitas vezes, o que parece um obstáculo é realmente uma oportunidade. Uma parte importante da metodologia é a Fluxonomia 4D, com que trabalha Lala Deheinzelin.

Soledad Giannetti, uma das criadoras do La Usina Cultura e Akapacha, comunidade de aprendizagem colaborativa, em Chascomús na Argentina, case de aplicação da Flux 4D

2017-08-22T22:07:16+00:00

Soledad Giannetti, uma das criadoras do La Usina Cultura e Akapacha, comunidade de aprendizagem colaborativa, em Chascomús na Argentina, case de aplicação da Flux 4D

Em La Usina Cultura e Akapacha, partimos da compreensão de que, muitas vezes, o que parece um obstáculo é realmente uma oportunidade. Uma parte importante da metodologia é a Fluxonomia 4D, com que trabalha Lala Deheinzelin.
Lala está sendo responsável pela pavimentação das vias que darão acesso no futuro a um espaço justo, sustentável, equilibrado, harmonioso e economicamente desenvolvido.

Thiago Alixandre, bailarino e produtor cultural, co-fundador do Coletivo o12 de dança contemporânea, case de aplicação da Flux 4D

2017-08-22T22:11:52+00:00

Thiago Alixandre, bailarino e produtor cultural, co-fundador do Coletivo o12 de dança contemporânea, case de aplicação da Flux 4D

Lala está sendo responsável pela pavimentação das vias que darão acesso no futuro a um espaço justo, sustentável, equilibrado, harmonioso e economicamente desenvolvido.
Eu encontrei a lógica para o meu discurso quando conheci Lala e a visão 4D. Nos últimos anos eu devo ter falado seu nome pelo menos umas 2 vezes por dia, sem contar as palestras e bate-papos para os quais fui convidado a falar sobre Economia Criativa, Moda, Empreendedorismo e Sustentabilidade.

Henrique Cabral, startuper Fundador da Mutandis e Co-fundador da Base Collective, case de aplicação da Fluxonomia 4D

2017-08-22T22:12:29+00:00

Henrique Cabral, startuper Fundador da Mutandis e Co-fundador da Base Collective, case de aplicação da Fluxonomia 4D

Eu encontrei a lógica para o meu discurso quando conheci Lala e a visão 4D. Nos últimos anos eu devo ter falado seu nome pelo menos umas 2 vezes por dia, sem contar as palestras e bate-papos para os quais fui convidado a falar sobre Economia Criativa, Moda, Empreendedorismo e Sustentabilidade.
Com o pouco que conheci da Fluxonomia, aprendi que a ampliação da consciência para os recursos e os "matchs" são reais, pois isso muito me auxiliou em tomadas de decisão.

Yara Queiróz, Facilitadora de Diálogos

2017-10-06T19:48:19+00:00

Yara Queiróz, Facilitadora de Diálogos

Com o pouco que conheci da Fluxonomia, aprendi que a ampliação da consciência para os recursos e os "matchs" são reais, pois isso muito me auxiliou em tomadas de decisão.

ÚLTIMO VÍDEO ADICIONADO

ACOMPANHE A LALA NAS REDES SOCIAIS

Livro Desejável Mundo Novo

LIVRO

Desejável mundo novo

Imagine um mundo onde o governo é participativo e votamos leis e orçamentos por celular ou nos terminais de estações de transporte. Onde a escola ensina a Escolher, facilitada por Simuladores de Consequência com algoritmos que revelam as consequências de cada escolha. Onde os painéis luminosos de cotações agora mostram os fluxos de riqueza não apenas financeira, mas também ambiental, social, cultural. Divirta-se conhecendo as novas profissões de Deseducador de Adultos e Personal Truster ou a Licença Paixão – que complementa a licença Maternidade. E por que não?

QUERO COMPRAR

NA MÍDIA